Há para aí 40 anos abriu o Himalaia, ali para o lado dos Anjos, um pouco abaixo da Sopa dos Pobres, na altura não havia muitos sítios para se comer uma boa pizza em Lisboa. O chef da cozinha e o chefe do balcão, diziam que tinham vindo do Ritz. Os pratos eram inovadores, a quantidade era mais do que suficiente, a apresentação era óptima e o preço era muito acessível, ia lá quase todas as semanas mais do que uma vez, principalmente para comer a Pizza Himalaia com um ovo no meio, nunca tinha visto tal coisa, e era uma coisa muito boa. Às vezes, quando acertava no dia comia as gambas panadas com arroz de açafrão.

IMG_8039
Desta vez o António lembrou-se! Era quinta feira, dia das ditas gambas. Voltei lá, aí uns 30 anos depois, está quase na mesma, o Chef continua, a esplanada está agora coberta e o chefe ao balcão mudou.
O António tinha marcado mesa para o jantar, porque à hora do almoço está sempre cheio, mas pelo que percebi à noite tem muito pouca gente. Chegámos e nem tive opção, as gambas já estavam pedidas.
Tinham uma sopa de peixe que não provei para não ficar muito cheio, enchi-me de pão torrado com queijo, para a próxima não lhe toco!
Vieram a seguir as gambas, iguais às que estava habituado a comer, panadas, crocantes, acompanhadas por um arroz solto de açafrão, um molho de caril ligeiramente picante e uma salada mista. Estavam óptimas!

IMG_8024
O vinho, bebi o verde à pressão numas canecas de loiça que o mantém frio até ao fim, gostei, um bom refresco.
Nos doces, a mousse de chocolate é óptima, mas desta vez mandei vir duas tortas, uma de amêndoa e a outra de limão, muito boa! Ficaram por provar: o Strudel, a mousse e o crepe com gelado e chocolate.
Gostei! Vou voltar para matar as saudades da Pizza.

IMG_8032 IMG_8035